Conciliação online? SIM!

Conciliação online? SIM!

Minha imaginação fértil já me fez pensar no juiz criando grupo de Whatsapp pra promover a conciliação entre as partes. Pode? Pode ué… nada impede, na verdade!

O art. 334, §7º diz que: “audiência de conciliação ou de mediação pode realizar-se por meio eletrônico, nos termos da lei.”

Esse parágrafo, que tem passado despercebido, pode significar uma economia financeira gigantesca para as empresas, e de tempo para os advogados. Nós sabemos que a advocacia de massa representa a maior parte das ações em curso, e movimenta os grandes escritórios. Isso instituiu a contratação de advogados audiencistas e prepostos, que estão ali pra cumprir tabela, pois as empresas não têm o menor intuito de conciliar.

A audiência online pode solucionar este problema, tornando desnecessária a existência de tais figuras, bem como gastos com deslocamento. Sem contar o tempo que perdemos indo ao Fórum, e aguardando por audiências que costumam atrasar, e acabam durando 5 minutos.
Enfim, espero que seja regulamentada essa regra! Viva a modernidade! 😉

 


NOVO: Já conhece as vídeo-aulas? Acesse aqui e aprenda sobre o novo CPC de forma leve e descontraída.

Como já sabem, vou seguir com publicações frequentes aqui no site, e em minha página do Facebook, e além da coluna no JusBrasil. Me acompanhe e fique por dentro das novidades do Processo Civil.

, , , ,