Whatsapp é meio de prova?

Whatsapp é meio de prova?

Acabando com eventual polêmica, o novo CPC veio regular o que serve como prova digital.

A regra geral está no art. 439, que determina que o arquivo digital seja convertido em forma impressa, e com autenticidade verificada.

A autenticidade pode ser verificada apenas com aquela declaração do advogado na petição que junta a prova, atestando a veracidade dos documentos (art. 425, IV), ou, para os mais precavidos, por certificação de um tabelião (art. 411, II).

Para os casos em que não for possível transformar em forma impressa, temos o art. 440, que diz: “O juiz apreciará o valor probante do documento eletrônico não convertido, assegurado às partes o acesso ao seu teor.”

Então, cuidado com o que mandam por áudio no WhatsApp!

 

 


NOVO: Já conhece as vídeo-aulas? Acesse aqui e aprenda sobre o novo CPC de forma leve e descontraída.

Como já sabem, vou seguir com publicações frequentes aqui no site, e em minha página do Facebook, e além da coluna no JusBrasil. Me acompanhe e fique por dentro das novidades do Processo Civil.

,